terça-feira, 26 de março de 2013

Brasil volta a jogar mal e só empata com a Rússia

Alô galera ligada em mais uma edição do JP no Lance, o blog que a galera gosta. Hoje, 26 de março de 2013, é dia de falarmos sobre o jogo entre Brasil X Rússia, realizado na tarde de ontem na capital da Inglaterra, em Londres.
O jogo foi de um baixo nível técnico ao qual não via há algum tempo, a seleção voltou a mostra falhas na marcação, pouca criatividade, muitos erros nas finalizações, parece que o jogo contra a Itália não serviu de nada,  o Brasil sofreu um apagão.
Na primeira etapa a Rússia jogou melhor que o Brasil, mostrando bom toque de bola, uma boa desenvoltura e engoliu o Brasil, gostei muito da seleção Russa, se  mostrou forte, principalmente no setor ofensivo onde deu muito trabalho para a defesa brasileira. Se a seleção Russa se classificar par o Mundial daqui do Brasil, pode ser que ela dê trabalho para muita gente, porém estará longe de título Mundial, e o italiano Fábio Capello é muito bom técnico.
E a partida acabava 0 a 0.
No  segundo tempo a Rússia continuou impondo um ritmo bastante forte para o Brasil, tanto que o goleiro Júlio César jogou demais no jogo e foi um dos destaques. O técnico italiano Fábio Capello tentou fazer a sua parte para melhorar a Rússia para o segundo tempo, trocando Anyukov, Kokorin e Brystov por Kombarov, Zhirkov e Shatov. Pela Seleção Brasileira, Felipão achou melhor dar mais tempo para a sua formação inicial. A mudança foi apenas estratégica, com Neymar e Kaká mais abertos nas laterais.
E a pressão Russa surtiu efeito e aos 27 minutos, Fayzulin fuzilou a rede de Júlio César e abriu o marcador para a equipe européia:
Um bombardeio russo resultou no primeiro gol do amistoso. A bola rodou de um lado a outro na área brasileira, até que Fayzulin chutou firme para acertar a rede.
O Brasil, depois deste gol, foi para cima do time Russo e Felipão fez algumas modificações no time para o tornar mais ofensivo e veloz.
Aos 44 minutos Fred fez o gol de empate, com gosto de vitória para o Brasil. O gol foi a senha para Felipão fazer mais uma alteração no Brasil. Diego Costa entrou no lugar de Kaká, e o Brasil evoluiu um pouco – também porque a Rússia estava mais interessada em se defender. O lado esquerdo do campo virou uma válvula de escape para a equipe amarela. Foi por lá que Marcelo e Hulk investiram antes do cruzamento rasteiro que Fred completou para a rede.
O resultado foi justo pelo o que foi o jogo, e o Brasil tem que melhorar muito se quer alguma pretensão nas Copa das Confederações, que será realizado em junho aqui no Brasil.
Boa Terça a todos e ...
FUI !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

3 comentários:

  1. Eu sei rapaz, mas fazer o quÊ?
    Obrigado pela audiência. Abraços do...
    JP !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir